“FORMAÇÃO CONTINUADA EM NEUROLOGIA, NEUROCIRURGIA E FISIOTERAPIA VETERINÁRIA”

MAIS UM PROJETO COM A GESTÃO FINANCEIRA E ADMINISTRATIVA DA FATEC“FORMAÇÃO CONTINUADA EM NEUROLOGIA, NEUROCIRURGIA E FISIOTERAPIA VETERINÁRIA” Esses pacientes tem tudo o que se espera de um atendimento VIP:excelentes cirurgiões, tratamento pós –operatório, fisioterapia, …é este o projeto coordenadopelo professor Alexandre Mazzanti doDepartamento de Pequenos Animais – CPA do CCR da UFSM,proporcionando aos futuros profissionais,o melhor no aprendizado daMedicina Veterinária.Parabéns professor Alexandre e a todos os seus colegas de equipe, pela excelência desse projeto.Prof. Adalberto Meller – Sec.Exec.FATEC Projeto do CCR de capacitação continuada promove procedimentos básicos e avançados a médicos veterinários, estudantes e técnicos da área O projeto “FORMAÇÃO CONTINUADA EM NEUROLOGIA, NEUROCIRURGIA E FISIOTERAPIA VETERINÁRIA” está sob a coordenação do médico veterinário, professor Dr. Alexandre Mazzanti do Departamento de Grande Animais – CPA do CCR da UFSM. Segundo o professor Alexandre o objetivo do projeto é proporcionar aos profissionais médicos veterinários e estudantes de medicina veterinária, capacitação na área de neurologia, neurocirurgia e fisioterapia veterinária, abordando os … Ler mais “FORMAÇÃO CONTINUADA EM NEUROLOGIA, NEUROCIRURGIA E FISIOTERAPIA VETERINÁRIA”

Projeto do CT torna as redes elétricas mais inteligentes utilizando informações disponíveis nas redes sociais

O projeto “Processo estruturado para identificação de outliers na análise de grandes bancos de dados utilizando procedimentos de data mining, agregando informações de redes sociais” é desenvolvido pela engenheira eletricista, professora Dra. Alzenira da Rosa Abaide, do Departamento Eletromecânica de Sistemas de Potência, do Centro de Tecnologia da UFSM. O projeto tem como objetivo, desenvolver um novo processo para detecção da provável fraude PDF e demais outliers associados a comercialização da energia fornecida aos consumidores no sistema de distribuição de energia elétrica, perdas não técnicas. A análise de big data BDA tornam as redes elétricas inteligentes ainda mais inteligente com a proposta inédita de utilizar informações exógenas disponíveis nas redes sociais. A professora Alzenira explica que a big data são bancos de dados com imensa quantidade de informações, que se exemplifica como dados de todos os consumidores de uma empresa distribuidora de energia elétrica. Por exemplo, a CEEE-D atende 72 municípios, abrangendo 73 mil km², o que corresponde aproximadamente a … Ler mais Projeto do CT torna as redes elétricas mais inteligentes utilizando informações disponíveis nas redes sociais