Projeto da Engenharia Química valoriza os resíduos industriais e os transforma em produtos de alto valor agregado

O projeto “PROCESSAMENTO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS VISANDO A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE ALTO VALOR AGREGADO” é coordenado pelo engenheiro químico, professor Dr. Eduardo Hiromitsu Tanabe do Laboratório de Processos Ambientais (LAPAM) do Departamento de Química da UFSM.  O professor coordenador Eduardo explica que o projeto pretende além de realizar a revisão bibliográfica e de patentes, assim evitando o desperdício de tempo, com investigações desnecessárias; busca desenvolver processos para obtenção de produtos com alto valor agregado, ou seja, a partir do refino destes produtos serão obtidos subprodutos com valores mais elevados, estes serão originados e retirados a partir de diversos resíduos obtidos na indústria.  Como exemplo de resíduo, em destaque, estão os resíduos do processamento da madeira de eucalipto (serragem). A serragem pode ser convertida em produtos sólidos como o (carvão), líquidos (bio-óleo) e gasosos utilizando os métodos termoquímicos (pirólise). A pirólise ocorre em uma atmosfera inerte e com temperatura, amplamente utilizada para converter biomassa em biocombustíveis.  O carvão é um combustível sólido utilizado para fins de aquecimento e que tem sido produzido a … Ler mais

Projeto do Campus de Frederico Westphalen – UFSM amplia discussões sobre novas técnicas aplicadas à Agricultura de Precisão

O projeto “O Ensino e Pesquisa em Agricultura de Precisão em Cursos de Graduação na Área de Ciências Agrárias nas Universidades Brasileiras” é um trabalho desenvolvido pelo engenheiro agrônomo, professor Dr. Antônio Luís Santi que tem o objetivo de: 1) Realizar levantamento prévio sobre a existência de disciplinas e agentes que trabalham com a temática “agricultura de precisão nos cursos de Ciências Agrárias das universidades brasileiras”; 2) Observar o zoneamento dos polos de ensino e pesquisa em agricultura de precisão nos cursos de ciências agrárias das universidades brasileiras; 3) Verificar as transferências geotecnológicas e estruturação de grupos de pesquisa em agricultura de precisão nas universidades brasileiras; O coordenador professor Santi explica que a proposta do projeto é compreender o estado da arte e as interfaces técnico-científicas, particularidades regionais e o próprio desenvolvimento científico educacional, envolvendo as novas estratégias de manejo baseadas na agricultura de precisão (AP) nas universidades brasileiras que representam cursos de graduação na área de Ciências Agrárias. Segundo … Ler mais