FATEC - 19º Dia de Campo do Colégio Politécnico da UFSM comemora com o número de 300 palestras

19º Dia de Campo do Colégio Politécnico da UFSM comemora com o número de 300 palestras

Postado em 11/07/2017.

O projeto coordenado pelo professor Dr. Diniz Fronza do Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria - UFSM, festeja 300 eventos de extensão no dia em que realiza o 19º Dia de Campo, com o tema: Poda das plantas frutíferas, realizado no dia 5 de julho no Colégio Politécnico de SM com parceria da UFSM - FATEC e Emater da região. Neste momento foi comemorado também 15 anos da implantação do setor.
O evento faz parte do projeto “Qualificação e Aprimoramento de profissionais, estudantes e pessoas da comunidade em horticultura e áreas afins”. O Dia de Campo contou com a presença do Magnifico Reitor, professor Paulo Afonso Burmann, recém reeleito para sua segunda gestão, também estavam presentes na abertura a Pró-Reitora de Extensão professora Teresinha Weiller, o Diretor de Ensino do Politécnico professor Moacir Bolzan, o Diretor Adjunto da Emater Renato Cadó, representantes da Associação de Produtores de Fruticultura de Agudo-RS, o Coordenador da Cooperativa Coopercedro Engenheiro Agrônomo Alcione Piasentin Claro, técnicos da Emater e das prefeituras da região e representantes dos técnicos administrativos da UFSM. O curso estava distribuído em 12 estações onde os palestrantes explicavam aos produtores a melhor forma de podar as seguintes plantas: Poda da figueira; Poda do pessegueiro; Poda de citros 1; Calda fitoprotetoras 1; Poda da macieira; Poda do morangueiro; Poda dos citros 2; Caldas fitoprotetoras 2; Poda da goiabeira; Poda da videira; Poda da nogueira-pecã; Poda da amoreira, sendo seis estações pelo período da manhã e seis estações pelo período da tarde.
O curso teve 160 inscrições totalizando cerca de 41 municípios atendidos e famílias produtoras de fruticultura principalmente da região de Santa Maria. Ao final do curso os inscritos foram presenteados com kits contendo três mudas frutíferas com: ingá, goiabeira e figueira.O coordenador explica que o intuito do treinamento é permitir que os estudantes realizem as atividades em conjunto com a comunidade num processo de troca de conhecimentos, na busca por novas fontes de geração de renda e melhoria na qualidade de vida das pessoas, permitindo a indissociabilidade entre o ensino, a pesquisa e a extensão. 
O Colégio Politécnico possui o reconhecimento da comunidade acadêmica e da comunidade em geral, sendo que o setor de fruticultura irrigada atende a 3 mil pessoas por ano em cursos, treinamentos e dias de campo. Os eventos são realizados com a parceria de várias Instituições, assim como a FATEC, a Emater, as prefeituras, as Cooperativas e as Associações.

Legendas: 

1. professores, 

2. produtores e convidados, 

3. poda do pessegueiro,

Kelly Martini – MTb 137.25
Assessora de Imprensa da FATEC    
 




Ver todas Notícias.

Desenvolvido por Fernando Denardin